O B J E T I V O S   D E   C R I A Ç Ã O

  1. Evidenciar o espaço, usando e destacando as características da Praça CCB
  2. Trabalhar a especificidade da performance para o espaço em questão
  3. Tirar partido do trabalho de grupo, como elemento de grande força visual
  4. Articular e desenvolver a diferença de proporção entre o espaço e o intérpretes
  5. Ter em conta a história e o contexto do local, bem como dos seus elementos, nomeadamente as esculturas expostas na Praça.
  6. Explorar a geometria do espaço, presente sobretudo no padrão da calçada que reveste o chão e na arquitetura dos edifícios que envolvem a Praça
  7. Diferenciar as várias zonas da Praça
  8. Aproveitar as diferenças de nível da escultura de cortiça

O B J E T I V O S   D E   I N T E R P R E T A Ç Ã O

  1. Conhecer o espaço formal e arquitetonicamente
  2. Adotar uma postura performativa, reforçando a distinção entre intérprete e espectador
  3. Interagir com o público, aproveitando as suas reações e até mesmo a sua disposição espacial
  4. Gerir a duração das secções coreográficas ente grupos, de modo a manter a estrutura da peça